domingo, 5 de abril de 2009

Vovó de férias no século XXI

Vovó me disse que esses tempos hiperpósmodernos andam tão virados -
E ela nem sabe o que
é ser
hiperpósmoderno.

Que diaxo que tudo hoje é canseira?!
Que diaxo que tudo hoje é câncer?!

- É hiperpósmodernia, Vó.

Que diaxo que carro anda engarrafado
e quem cuida de dente não sabe sorrir?!

- É tudo hiperpósmodernia, Vó.

Diaxo!

Eu sei, sei.
Em realidade, todo esse resmungo
não passa de
saudade.

- Vamos lá, Vó.

E desde quando o mundo não foi virado?
Talvez antes fosse só do
avesso.

3 comentários:

Fóssil disse...

Muito bom! Há uma leveza poética melhor que qualquer profunidade nesses versos. Além disso coisas com avós sempre me encantam hehe. parabéns!

Aquela garota branca disse...

Sua vó merece umas férias desse mundo hiperpósmoderno.
Quando ela tirar, me chama!
A acompanho com prazer!

Fernanda Mel disse...

Um perfeito artista! Sem mais comentários.