quinta-feira, 17 de abril de 2008

Fogo

E eu que sou tão frio.
Um gelo.
Derreto-me todo.
[ao simples avistar de uma fagulha do teu olhar]

8 comentários:

тαynαн disse...

É que gelo queima...
[por si só..degelo...]

bom final de semana

404 Not Found disse...

quebra esse gelo e vem se derreter

Ana Maria disse...

só adorei.
essa mesma, a contradição.

beijo

bia disse...

amei!!!
=D

João Paulo disse...

Pior se tu fosse gasoso.

naironbotao disse...

de fato ta uma porcaria aquele texto.
e por sorte até agora recebi críticas negativas...
eu to esperando os comentários do tipo" ta muito bom esse texto" pra eu saber o nivel das pessoas que comentam sobre meus poemas , D
mas valeu cara,
abaço

Luiz Fernando do Rosário Linhares disse...

Legal Paulo, poucos conseguem dizer tanto com tão poucas palavras, mas você é impar.

Jussandra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.