sexta-feira, 26 de junho de 2009

Hiato recessivo

Sempre fui uma poesia
meio água e sal, admito.
Mesmo em tempos de crise
nunca dei de impressionar.

É só mais um hiato recessivo, não repare, dispenso
políticas expansionistas.
Tá tudo bem, obrigado,
já já passa.

Pega uma carona com a Ju,
ela tá na rua,
vem pra cá
deitar comigo na rede.

3 comentários:

ariane__mp disse...

Com você não existe nenhuma política, contraindo ou expandindo. É por isso que eu te amo.

Jéssica Mendes disse...

Poesia meio água e sal é tua venta. --' Quer humilhar, é?

mascavo disse...

nunca deu de impressionar?
que crime!